Taxa Selic chega a 4,25% a.a de que forma esse índice pode contribuir com a economia? Quais são os impactos?

postado em: entrevistas | 0

07 Fevereiro 2020 11:29 | Escrito ou enviado por  ECS Comunicação |

Planejadora Financeira e Professora de Finanças da FAAP, Virginia Prestes explica sobre o que fazer diante desta queda histórica na economia Brasileira

No fim da noite de ontem, 05 de fevereiro, o Copom – Comitê de Política Monetária – do Banco Central cortou a taxa básica de juros – agora a Selic está em 4,25% a.a. mas, na prática quais são os reais impactos desta decisão para os investidores e consumidores?

Antes de começar as explicações vamos iniciar este texto com alguns questionamentos. Diante deste cenário ainda vale a pena manter o dinheiro na velha “Caderneta de Poupança”? Renda Fixa ou Renda Variável? Tesouro Selic ainda é uma aplicação rentável? ou diversificar a carteira de investimentos pode ser uma das estratégias para seguirmos após essa queda histórica?

O que sabemos é que com essa taxa de juros mais baixa gradualmente teremos uma retomada da economia o que é muito positivo para todos os setores e, para quem investe ou deseja investir as aplicações em Renda Fixa já não são mais interessantes.

O momento agora é de estudar o mercado financeiro para diversificar os investimentos e entender mais sobre Renda Variável, opções que envolvem mais riscos, mas que também a longo prazo são muito mais rentáveis.

Investir em Fundos Imobiliários (Flls), Fundos de Ações e Ações são extremamente importante para os investidores com perfis Moderado ou Agressivo que desejam construir um patrimônio sólido e seguro.

Quer saber mais informações sobre essa mudança? Vamos conversar?

Virginia Prestes

Planejadora Financeira e Professora de Finanças da FAAP

SOBRE VIRGINIA PRESTES:

Sócia da Criteria Investimentos, escritório credenciado à corretora XP, Virginia atua como Assessora de Investimentos e está há mais de 15 anos no mercado financeiro. A empresa na qual é sócia tem mais de bilhão e meio de reais sob custódia e preza pela diligência e transparência na relação com cada cliente.

A profissional atuou como chefe de mesa de operações no Banco Safra e foi operadora na corretora do Banco Santander, entre outros. Tem como missão desenvolver soluções estratégicas para investidores, potencializando seus retornos e minimizando riscos.

Em sua carreira acadêmica, leciona em instituições de ensino superior e MBA, ministra diversos cursos e palestras sobre Investimentos e Finanças Pessoais.

A especialista também esteve no cargo de Diretora Educacional da ONG Ação Jovem do Mercado Financeiro e de Capitais, apoiada pela BM&FBOVESPA, onde atualmente é Conselheira.

Mestre em Finanças (FECAP) e Bacharel em Administração de Empresas (FAAP), possui a certificação de Planejadora Financeira CFP®, concedida pela Planejar.

Virginia também participa de diversas matérias e reportagens e fala sobre assuntos como: Educação Financeira, Investimentos em Renda Fixa e Variável, Tesouro Direto, Utilização do FGTS, Previdência Privada, Ações na Bolsa de Valores e as Tendências do Mercado Financeiro em 2020.

Fonte: https://www.segs.com.br/mais/economia/215528-taxa-selic-chega-a-4-25-a-a-de-que-forma-esse-indice-pode-contribuir-com-a-economia-quais-sao-os-impactos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *